Planeamento em saúde - uma perspetiva global

  • Nigel Crisp Independent Member of the House of Lords; Co-Chair of the All-Party Parlia- mentary Group on Global Health; formerly NHS Chief Executive and Permanent Secretary of the Department of Health 2000-2006

Resumo

O termo planeamento em saúde pode englobar um amplo conjunto de diferentes atividades, desde o planeamento estratégico de longo prazo de um sistema de saúde ao desenvolvimento, a curto prazo, de um serviço, ou desde
o planeamento de recursos humanos e financeiros ao planeamento de intervenções que correspondam às necessidades das populações. Tal como os dois exemplos apresentados neste artigo o demonstram, o planeamento pode ser executado de várias formas. Todas as metodologias têm as suas fraquezas e, na realidade, a maior parte das mudanças e melhorias na saúde resultam da ação política, da liderança clínica e outros empreendedores, numa aprendizagem baseada na experiência prática e da cuidadosa aplicação dos avanços da ciência.
O planeamento é, contudo, muito importante e este artigo conclui como os processos de planeamento podem envolver líderes empreendedores, o trabalho com parceiros de outros setores, englobando as melhorias geradas por
indivíduos e equipas que estão a aprender e a inovar em tempo real.

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Publicado
2017-09-26
Como Citar
CRISP, Nigel. Planeamento em saúde - uma perspetiva global. Anais do Instituto de Higiene e Medicina Tropical, [S.l.], v. 16, p. 9-15, set. 2017. ISSN 0303-7762. Disponível em: <http://anaisihmt.com/index.php/ihmt/article/view/4>. Acesso em: 18 ago. 2018.