Medicina do viajante em Portugal: workshop e criação da Sociedade Portuguesa de Medicina do Viajante

  • Cláudia Conceição MD, PhD, Professora auxiliar convidada, Unidade de Ensino e Investigação em Clínica das Doenças Tropicais. Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa
  • Rosa Teodósio MD, PhD, Professora auxiliar, Unidade de Ensino e Investigação em Clínica das Doenças Tropicais. Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa
  • Filomena Pereira MD, PhD, Professora associada, Unidade de Ensino e Investigação em Clínica das Doenças Tropicais. Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa
  • Ricardo Racha Pacheco MD, MSc Public Health, Agrupamento de Centros de Saúde Almada-Seixal
  • Carlos Araújo MD, Consulta da Associação para o Desenvolvimento da Medicina Tropical (ADMT) / Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa
  • Jorge Seixas MD, PhD, Professor auxiliar, Unidade de Ensino e Investigação em Clínica das Doenças Tropicais. Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa
  • Jorge Atouguia MD, PhD, Unidade de Ensino e Investigação em Clínica das Doenças Tropicais Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, Portugal (afiliação institucional à data da organização das iniciativas) e Clínica de Medicina Tropical e do Viajante, Lisboa
Palavras-chave: Medicina do viajante, Portugal

Resumo

A Medicina do viajante, tal como a conhecemos agora, começou a despontar em Portugal nos finais dos anos noventa do século passado. A recente onda de emigração em Portugal veio desafiar e dar um novo impulso a esta área da medicina. Esta foi uma das razões que nos levou a organizar um workshop de Medicina do Viajante, procurando reunir representantes das consultas com mais experiência e número de utentes (em termos nacionais ou regionais) para uma reflexão de como melhorar a prática da Medicina do Viajante e criar uma Sociedade Portuguesa de Medicina do Viajante. Apresenta-se de forma sucinta o conteúdo do workshop, em que se descreveu uma panorâmica da situação no país e em alguns centros europeus. Os fundamentos da recém criada Sociedade Portuguesa de Medicina do Viajante são igualmente apresentados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

1. Marques N, Abreu C, Ribeiro JC, Seixas J, Atouguia J (2013). Emergências
médicas em Medicina do Viajante. Anais IHMT 11: 71-75.
2. Seixas J, Teodósio R, Atouguia J (2012). Informação em Medicina das Viagens:
ter ou não ter, eis a diferença. Anais IHMT 11: 110-114.
3. Marques N, Seixas J, Teodósio R, Atouguia J (2012). Medicina do viajante:
importância e conceitos. Anais IHMT 11: 102-105.
4. Eiró-Gomes M, Atouguia J (2012). Consulta do viajante, ou onde a comunicação
para a saúde se encontra com a comunicação “na” saúde Anais IHMT 11:
106-109
5. Saraiva da Cunha J, Ramos I, Rabadão E, Meliço Silvestre, A (1999). Difficulties
in practicing travel medicine in Portugal. In: 6th Conference of the International
Society of Travel Medicine [Book of abstracts]. International Society of Travel
Medicine; Montréal, Canada (June 6-10).
6. Saraiva da Cunha J (2003). Vacinação: 1ª Reunião de Consenso sobre Medicina
do Viajante. Rev Port Doen Infec 2 (1): 49-31.
7. EuroTravNet, European Travel and Tropical Medicine Network of the International
Society of Travel Medicine, http://www.istm.org/eurotravnet
8. TropNet, European Network for Tropical Medicine and Travel Health http://
www.tropnet.net/
Publicado
2018-09-03