Evocação da memória do médico António Carvalho de Figueiredo (1853-1917): parceria histórico-cultural entre a Câmara Municipal de Loures e o Instituto de Higiene e Medicina Tropical

  • José Luís Doria Instituto de Higiene e Medicina Tropical - Museu e Arquivo Histórico
  • Ana Cristina Oliveira Câmara Municipal de Loures - Divisão de Cultura / Área de Museus
  • Paula Pitacas Câmara Municipal de Loures - Divisão de Cultura / Área de Museus
  • Pedro Rocha Câmara Municipal de Loures - Divisão de Cultura / Área de Museus
Palavras-chave: António Carvalho de Figueiredo, investigação, sociedade, história da medicina, Município de Loures

Resumo

O presente artigo dá nota da parceria entre a Câmara Municipal de Loures e o Instituto de Higiene e Medicina Tropical na área da história e da cultura, com o objetivo de estudar e divulgar a vida e obra do médico António Carvalho de Figueiredo (1853-1917). Médico municipal, primeiro subdelegado de saúde do novo concelho de Loures (criado em 1886) e homem de ciência, pioneiro em estudos sobre malária e doença do sono, reconhecido pelos seus pares. No centenário da sua morte, o município de Loures desenvolveu um extenso programa cultural ao longo de 2017, com continuidade em 2018. Destacaram-se nesse Programa, as exposições “Cem anos após o desaparecimento … António Carvalho de Figueiredo (1853-1917): o homem e a obra” e “Higiene e saúde em Loures, à época de António Carvalho de Figueiredo. Quotidianos públicos e privados entre 1886 e 1938”; o simpósio “Medicina, investigação e sociedade na transição para o século XX”. Estas iniciativas pretendiam divulgar a ação deste médico na transição do século XIX para o séc. XX, nos domínios da assistência, saúde pública, salubridade e investigação, conhecer melhor a sua vida e a história do Concelho de Loures.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Arquivo Distrital de Portalegre. Junta de Paróquia de Gáfete 1873/1883. 2007. [Consultado em 8 de Fevereiro de 2019]. Disponível em: https://digitarq.adptg.arquivos.pt/details?id=1001589.

Pintassilgo J, Rodriguez MM. Centros Escolares Republicanos. In: Rollo MF, coordenação. Dicionário de História da I República e do Republicanismo. Vol. I. Lisboa: Assembleia da República, 2013; p. 624-628.

Carvalho MJ de. In Memoriam. Jornal Imparcial, 14 de março de 1918.

Azevedo A de. António Carvalho de Figueiredo. A Medicina Contemporânea. 12: (1917): 96.

Figueiredo AC de. Relatorios e trabalhos especiais: Febre typhoide no concelho de Loures. Relatorio do sub-delegado de saude do concelho, Antonio Carvalho de Figueiredo. Boletim Mensal da Delegação de Saude do Districto de Lisboa. Lisboa: Imprensa Nacional, Dezembro de 1895. p. 812 – 814.

Pestana L da C. O microbioma do carcinoma [Dissertação Inaugural]. Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa: Lisboa; 1889. p. 31-32.

Azevedo AF de. Algumas palavras sobre a doença do somno [Dissertação Inaugural]. Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa: Lisboa; 1891.

Amaral I. A Influência Pasteuriana na Obra de Ricardo Jorge e na Emergência da Medicina Tropical. In: Amaral I, Carneiro A, Mota TS, Borges VM, Doria JL, coordenadores. Percursos da Saúde Pública nos séculos XIX e XX – a propósito de Ricardo Jorge. Lisboa: História da Medicina; 2010.p. 135-144.

Saavedra M. “Uma Questão Nacional”. Enredos da malária em Portugal, séculos XIX e XX [Teses de Doutoramento]. Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa: Lisboa; 2010.

Lobo AR. A entomologia médica e a medicina tropical portuguesa (1902-1966). [Roteiros de Exposição]. III Mostra da Entomoteca Henrique Ribeiro e Helena Ramos; Lisboa, Instituto de Higiene e Medicina Tropical (12 de Dezembro de 2018 – 28 de Fevereiro de 2019); 2019.

Figueiredo AC. Da existencia do Anopheles bifurcatus em Portugal. A Med Contemp. 1904; 7: 184-187.

SA. O concelho de Loures prestou homenagem à memória de dois ilustres filhos os drs. Carvalho Figueiredo e Avelar Brotero. Jornal O Século. 6 de abril de 1942.

SA. Assistência Nacional aos Tuberculosos. Jornal Vanguarda. nº 1110 (3056). 9 de dezembro de 1899.

XV Congresso Internacional de Medicina. Correspondência Expedida. Livº 1. 249 e 337. Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Lisboa. 1904.

XV Congresso Internacional de Medicina. Correspondência Recebida. Livº 1. Cx. 3. 296. Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Lisboa. 1904.

XV Congresso Internacional de Medicina. Boletins de inscrição. Mç. 2. Cx. 8. 987. Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Lisboa. 1904.

Figueiredo AC. Loures e Arredores. Communicação de Antonio Carvalho Figueiredo. Jor Soc Cien Med Lisb. 1894; 7 e 8 (Julho e Agosto): 262-270.

SA. Fábrica de Loiça de Sacavém - As Suas Obras Sociais. Sacavém;1938.

Bairrada EM. Arquitecto Rosendo Carvalheira (1863-1919). Um filho adoptivo de Alexandre Herrculano na arte de construir. Ver Bol Acad Nac Belas Artes: Lisboa. 3ª Série. 3: (1981): 104-107.

Carvalheira R. Sanatório-Albergaria de Cabeço de Montachique. Arquitectura Portuguesa. 1918; (julho)

Publicado
2019-03-31