Casas da Misericórdia: um contributo para o conhecimento e valorização do património da saúde em Portugal

  • Joana Balsa de Pinho Investigadora, CLEPUL – Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias, FLUL, Portugal; ARTIS – Instituto de História da Arte, FLUL, Portugal
Palavras-chave: Arquitetura, património da saúde, Casa da Misericórdia

Resumo

As Confrarias da Misericórdia, instituídas para cumprir as Obras de Misericórdia, constituíram-se, no domínio da sua atividade, como importantes promotoras de diferentes manifestações patrimoniais com características próprias. Neste contexto, destaca-se a arquitetura promovida pelas confrarias da Misericórdia para servir de suporte à sua atividade. Estes edifícios foram sempre estudados no contexto da arquitetura religiosa, dado o peso, histórico e atual, da igreja no âmbito dos edifícios-sede destas confrarias. No entanto, após a investigação que realizámos para a nossa tese de doutoramento, analisando quase duas centenas de edifícios e diversos fundos documentais das Misericórdias, é possível propor um novo paradigma interpretativo para estes edifícios, definindo a sua complexidade e identidade enquanto conjuntos edificados – a Casa da Misericórdia, e enquadrando- o no âmbito da arquitetura assistencial. Desta forma, ao redefinirmos conceptualmente o objeto de estudo e ao recentrar as questões de análise, podemos contribuir para a valorização deste património arquitetónico e dar um contributo para a consolidação do campo de estudo da história e património da saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Paiva JP (coord.). Portugaliae Monumenta Misericordiarum. 9 vols. Lisboa: CEHR-UCP, União das Misericórdias Portuguesas; 2002-2011.

Moreira R. As Misericórdias: um património artístico da humanidade. In: 500 Anos das Misericórdias Portuguesas: solidariedade de geração em geração. Lisboa: Comissão para as Comemorações dos 500 anos das Misericórdia; 2000.

Pinho JB de. As Casas da Misericórdia: confrarias da Misericórdia e a Arquitetura quinhentista portuguesa [Tese de Doutoramento]. Universidade de Lisboa: Lisboa; 2012.

Sá IG. As Misericórdias portuguesas de D. Manuel I a Pombal. Lisboa: Livros Horizonte; 2001.

Silva NV (coord.). Tesouros artísticos da Misericórdia do Porto. s.l.: Comissão para a Comemoração dos Descobrimentos Portugueses, Santa Casa da Misericórdia do Porto; s.d.

Sousa, IC de. V Centenário das Misericórdias Portuguesas. s.l.: CTT; 1998.

Publicado
2019-04-22