Tendências e contextos de implementação de tecnologias de informação e comunicação para o reforço dos Sistemas de saúde em países de baixo e médio rendimento da CPLP: os casos de Cabo Verde, Moçambique e Guiné-Bissau

  • André Beja Centro Colaborador da OMS para a Política e Planeamento da Força de Trabalho, Global Health and Tropical Medicine (GHMT), Instituto de Higiene e Medicina Tropical. Universidade NOVA de Lisboa (IHMT-UNL). Portugal
  • Artur Correia Direção Nacional da Saúde, Ministério da Saúde e da Segurança Social (MSSS). Cabo Verde
  • Bernardina de Sousa Gonçalves Ministério da Saúde (MISAU). Moçambique
  • Plácido Cardoso Ministério da Saúde Pública (MINSAP), Guiné-Bissau
  • Luís Velez Lapão Centro Colaborador da OMS para a Política e Planeamento da Força de Trabalho, Global Health and Tropical Medicine (GHMT), Instituto de Higiene e Medicina Tropical. Universidade NOVA de Lisboa (IHMT-UNL), Portugal

Resumo

Introdução: As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) podem contribuir para desenvolvimento e consolidação dos sistemas de saúde. A partir da análise de três casos, este artigo procura contribuir para o conhecimento sobre as oportunidades que as TIC representam no espaço lusófono, descrevendo e identificando boas práticas, dificuldades e oportunidades para reforçar uma agenda comum. 

Material e métodos: A partir das apresentações de peritos numa mesa redonda sobre o contributo das TIC para Serviços de Saúde em países de baixos recursos e de uma revisão narrativa de literatura, são analisadas e discutidas intervenções em Cabo Verde, Moçambique e na Guiné-Bissau. 

Resultados e discussão: Os exemplos analisados, pese as diferenças de maturidade identificadas, mostram fatores de sucesso (capacitação de profissionais, respaldo político) e dificuldades comuns (investimento elevado, resistência dos profissionais), bem como benefícios gerados (poupanças, melhoria de acesso), desafios e oportunidades para futuro (sustentabilidade e parcerias). 

Conclusão: O uso de TIC nestes sistemas de saúde mostra diferentes maturidades, tão mais elevada quanto maior a aposta na capacitação de profissionais, no acesso a recursos e financiamento, a na priorização políticas promotoras de centros nacionais de teles saúde. O reforço de parcerias na CPLP para partilhar soluções e conhecimento é garante de maior crescimento e sustentabilidade. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Lapão LV, Messina LA, Ungerer R, Campos F. Roteiro estratégico para a telessaúde na CPLP: diagnóstico e prioridades para o desenvolvimento da telessaúde. 1. 2016;15:65–73.

Holeman I, Cookson TP, Pagliari C. Digital technology for health sector governance in low and middle income countries: a scoping review. J Glob Health [Internet]. [citado 21 de Maio de 2019];6(2). Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5017033/

Lewis T, Synowiec C, Lagomarsino G, Schweitzer J. E-health in low- and middle-income countries: findings from the Center for Health Market Innovations. Bull World Health Org. 1 de Maio de 2012;90(5):332–40.

Celes RS, Rossi TRA, Barros SG de, Santos CML, Cardoso C. A telessaúde como estratégia de resposta do Estado: revisão sistemática. Rev Panam Salud Publica. 16 de Agosto de 2018;42:e84.

Correia A, Azevedo V, Lapão LV. A Implementação da Telemedicina em Cabo Verde: Fatores Influenciadores. Acta Médica Portuguesa. 28 de Abril de 2017;30(4):255.

Felizardo V, Sousa P, Oliveira D, Alexandre C, Garcia NC, Garcia NM. TICE.Healthy: Integração de soluções TIC para a «Saúde e Qualidade de Vida». RISTI - Revista Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação. Dezembro de 2014;(14):17–32.

Neves J, Vicente H, Esteves M, Ferraz F, Abelha A, Machado J, et al. A Deep-Big Data Approach to Health Care in the AI Age. Mobile Netw Appl. 1 de Agosto de 2018;23(4):1123–8.

Schmeil MA. Saúde e Tecnologia da Informação e Comunicação. Fisioterapia em Movimento. Setembro de 2013;26(3):477–8.

English M, Irimu G, Agweyu A, Gathara D, Oliwa J, Ayieko P, et al. Building Learning Health Systems to Accelerate Research and Improve Outcomes of Clinical Care in Low- and Middle-Income Countries. PLOS Medicine. 12 de Abril de 2016;13(4):e1001991.

CPLP. Plano Estratégico de Cooperação em Saúde da CPLP (PECS-CPLP - 2018-2021) - Eixos Estratégicos, Áreas e Projetos [Internet]. CPLP - Comunidade de Países de Lingua Portuguesa; 2018 [citado 22 de Maio de 2019]. Disponível em: https://www.cplp.org/id-2370.aspx

CPLP. Carta da Cidade da Praia: I Reunião deTelemedicina e Telessaúde da CPLP - 15 Setembro 2017. CPLP - Comunidade de Países de Lingua Portuguesa; 2017.

Pais Ribeiro JL. RESEARCH REVIEW AND SCIENTIFIC EVIDENCE. Psic, Saúde & Doenças [Internet]. Novembro de 2014 [citado 3 de Agosto de 2019];15(3). Disponível em: http://sp-ps.pt/downloads/download_jornal/350

MSCV M da SCV. Plano Nacional de Desenvolvimento Sanitário 2012-2016 - Saúde: um compromisso do Estado, Responsabilidade de todos (Volumes I e II) [Internet]. Ministério da Saúde de Cabo Verde; 2012 [citado 22 de Maio de 2019]. Disponível em: https://www.minsaude.gov.cv/index.php/documentosite/plano-

nacional-de-desenvolvimento-sanitario-2012

Castela E. O Serviço de Telemedicina de Coimbra Melhora o Acesso à Especialidade de Cardiologia Pediátrica em Cabo Verde. Acta Med Port. 28 de Abril de 2017;30(4):253.

Ministério da Saúde de Moçambique. Telessaude MZ [Internet]. [citado 30 de Julho de 2019]. Disponível em: http://telessaude.co.mz/

República da Guiné Bissau, MINSAP- Ministério da Saúde Pública. Plano Nacional de Desenvolvimento Sanitário (PNDS) III - 2018-2022. MINSAP- Ministério da Saúde Pública; 2017.

Piropo TG do N, Amaral HOS do. Telessaúde, contextos e implicações no cenário baiano. Saúde debate. Março de 2015;39:279–87.

Dixon BE, Pina J, Kharrazi H, Gharghabi F, Richards J. What’s Past is Prologue: A Scoping Review of Recent Public Health and Global Health Informatics Literature. Online J Public Health Inform [Internet]. 1 de Julho de 2015 [citado 4 de Agosto de 2019];7(2). Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4576440/

Kumar M, Gotz D, Nutley T, Smith JB. Research gaps in routine health information system design barriers to data quality and use in low- and middle-income countries: A literature review. Int J Health Plann Manage. Janeiro de 2018;33(1):e1–9.

Adeola O, Evans O. Digital Health: ICT and Health in Africa. Actual Problems of Economics. 2018;10(208):66–83.

Publicado
2019-12-04