Capacitação e parcerias norte/sul em saúde: o exemplo de implementação do programa de doutoramento em ciências biomédicas em Angola

  • Carolina Valério Aluna do Mestrado em Saúde Pública e Desenvolvimento, Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, Portugal
  • António Carvalho Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, Colégio de S. Jerónimo, Coimbra, Portugal
  • Isabel Craveiro Global Health and Tropical Medicine, GHTM, Instituto de Higiene e Medicina Tropical, IHMT, Universidade Nova de Lisboa, UNL, Lisboa, Portugal
Palavras-chave: Capacitação, parcerias de investigação norte/sul, Angola, ensino superior, equidade

Resumo

Este artigo articula-se com a necessidade de avaliar parcerias de investigação e capacitação norte/sul em contextos interculturais. Pretende-se compreender quais as expetativas e motivações dos atores envolvidos no programa de doutoramento em ciências biomédicas em Angola e perceber como foi estabelecida a parceria entre a Universidade Agostinho Neto e o Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT NOVA), assim como as suas perspetivas de continuidade. Foi desenvolvido um estudo qualitativo, recorrendo a entrevistas semiestruturadas a um total de 17 atores envolvidos no programa, através de um processo de amostragem não probabilística, por conveniência. Após a recolha de dados as entrevistas foram transcritas e codificadas na íntegra. Posteriormente, foi realizada uma análise de conteúdo. Os resultados das entrevistas foram analisados em grupos, tendo em conta o papel de cada participante: aluno, docente da Universidade Agostinho Neto ou do IHMT NOVA. Os resultados obtidos foram considerados positivos no que diz respeito ao impacto nas carreiras académicas dos seus alunos, uma vez que o IHMT NOVA proporcionou a formação e tecnologias adequadas que não são frequentemente encontradas nos países do sul global. O doutoramento permitiu contribuir para o reforço de recursos humanos e materiais, incluindo o desenvolvimento da investigação científica no país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

P Braveman, S Gruskin. Defining equity in health. J Epidemiol Community Health; 2003.

Boum II Y, Burns BF, Siedner M, et al. Advancing equitable global health research partnerships in Africa. BMJ Glob Health 2018;3:e000868.

doi:10.1136/bmjgh-2018-000868

Matenga et al. Contemporary issues in north–south health research partnerships: perspectives of health research stakeholders in Zambia. Health Research Policy and Systems; 2019.

Carbonnier G, Kontinen T. North-South Research Partnership: Academia Meets Development? European Association of Development Research and Training Institutes; 2014.

Carvalho A, IJsselmuiden C, Kaiser K, et al. Towards equity in global health partnerships: adoption of the Research Fairness Initiative (RFI) by Portuguese-speaking countries. BMJ Glob Health 2018;3:e000978. doi:10.1136/bmjgh-2018-000978

Carvalho, A, IJsselmuiden, C, Kirsty, K, Ferrinho, P, Hartz, Z. A Implementação da Iniciativa para a Equidade na Investigação. Anais do Instituto de Higiene e Medicina Tropical. 2017 (outubro): p. 11-20.

Defor et al. Understanding the state of health policy and systems research in West Africa and capacity strengthening needs: scoping of peer-reviewed publications trends and patterns. Health Research Policy and Systems 2017; p. 102-111 doi: 10.1186/s12961-017-0215-7

Goodman M., Thompson V. Public Health Research Methods for Partnerships and Practice. New York: Routledge; 2018.

Ferreira A, Fresta M, Simões C, Sambo M. Desafios da educação médica e da investigação em saúde no contexto de angola. Revista Brasileira de Educação Médica. 2014; p. 133-141.

Simões, C, do Rosário, M, Ferreira, A, Fresta, M. Ensino superior em Angola. Revista FORGES, 2016; p: 79-102.

Carvalho, P. D. Evolução e crescimento do ensino superior em Angola. Revista angolana de sociología, 2012; p. 51-58.

Victorino, S. C. O papel da educação na reconstrução nacional da República de Angola. In Revista Dialogos: IV Congresso Internacional de Pedagogia Social: Domínio Sociopolítico 2002; p. 9-16.

Correia Filho, J. M., Aleaga, T. R., Correia Filho, F. D. J. F., & dos Santos, E. Os desafios dos docentes estrangeiros perante os constrangimentos atuais no ensino superior em Angola. Revista Educación, Política y Sociedad, p. 228-245.

Ferrinho P, Guimarães N, Fronteira I, Freitas H, Fresta M. Formação inicial em ciências da saúde em Angola: comparação dos perfis dos alunos de diferentes cursos (medicina, enfermagem e TDT), em diferentes níveis de ensino (básico, médio e superior). An Inst Hig Med Trop 2020; p. 87-96

Flick U. Métodos de Pesquisa: Introdução à Pesquisa Qualitativa. 3ª Edição. 2009

Hancock, B., Ockleford, E., Windridge, K.. An Introduction to Qualitative Research. The NHR RDS EM / YH, 2007.

Jamshed, S. Qualitative research method-interviewing and observation. Journal of Basic and Clinical Pharmacy, vol. 5, no. 4. , 2014. p. 87-88.

Bowen, Glenn A. Document Analysis as a Qualitative Research Method. Qualitative Research Journal, vol. 9, no. 2. 2009. p. 27-40.

Câmara R. Análise de Conteúdo: da teoria à prática em pesquisas sociais aplicadas às organizações. Revista Interinstitucional de Psicologia. 2013; (dezembro): p. 179-191.

Graça e Costa T. Parcerias como estratégia de desenvolvimento local: relatório da construção de um grupo de trabalho no domínio da nutrição, em Caué. [Teses de Mestrado] Instituto Universitário de Lisboa, ISCTE: Lisboa; 2009.

Katisi et al. Aspirations and realities in a North-South partnership for health promotion: lessons from a program to promote safe male circumcision in Botswana. Globalization and Health; 2016.

Franzen SR, Chandler C, Lang T. Health research capacity development in low and middle income countries: reality or rhetoric? A systematic meta-narrative review of the qualitative literature. BMJ Open. 2017.

Contry Economy. Compare a economia dos países: Portugal vs Angola. [Consultado a 25 de julho de 2021]. Disponível em: https://pt.countryeconomy.com/paises/comparar/portugal/angola?sector=Despesa+pública+em+saúde&sc=XEI1#tbl

Martin NA, et al. Bending the Arc towards Equitable Partnerships in Global Health and Applied Training. Annals of Global Health. 2019.

O Guardião. BAD financiou com 2,6 milhões de dólares 42 projetos de investigação científica em Angola. [Consultado a 26 de julho de 2021]. Disponível em: https://guardiao-ao.com/2020/12/04/bad-financiou-com-26-milhoes-de-dolares-42-projetos-de-investigacao-cientifica-em-angola/

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável. Reforçar os meios de Implementação e Revitalizar a Parceria Global para o Desenvolvimento Sustentável. [consultado a 30 de Setembro de 2019]. Disponível em: https://www.ods.pt/objectivos/17-parcerias-para-o-desenvolvimento/?portfolioCats=24

Cancedda C. et al. Health Professional Training and Capacity Strengthening Through International Academic Partnerships: The First Five Years of the Human Resources for Health Program in Rwanda. Internacional Journal Health Policy Management 2018; p: 1024–1039.

Publicado
2021-11-18