Contributos da Radiologia no processo de ensino-aprendizagem da Anatomia - um estudo nas faculdades de medicina em Angola

  • Ndenga Solange Machado Bebiano Tomás Licenciada em Medicina Luanda, 2013
  • Maria Amélia Ferreira Professora Catedrática, Directora da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP)
Palavras-chave: Anatomia, Radiologia, educação médica, pré-graduação, aprendizagem

Resumo

O ensino da anatomia na educação médica básica sofreu, nos últimos anos, muitas alterações e evoluções, isto acompanhando a evolução das tecnologias de imagem ligadas ao ensino da Anatomia. O papel da Radiologia no ensino da anatomia tem aumentado continuamente, contribuindo para a aquisição de competências indispensáveis ao exercício da medicina no século XXI. No presente estudo pretendemos abordar aspetos ligados ao ensino da Anatomia, à luz das novas exigências atuais, recolhendo dados através de um inquérito realizado aos docentes responsáveis pelo ensino da Anatomia, nas escolas médicas angolanas. 

Foi efetuado um estudo observacional, descritivo, qualitativo e exploratório, nas oito faculdades de medicina, em Angola. As imagens de Radiologia convencional, tomografia computadorizada e ressonância magnética são as mais usadas. Todos os coordenadores responderam que utilizam a Radiologia nas aulas teóricas, sendo que 50% também utiliza nas aulas práticas. Seis coordenadores (87,5%) referiram a Radiologia convencional como a técnica mais importante e 14,3% a tomografia computadorizada. A Radiologia está a entrar gradualmente como um recurso adicional nos cursos de medicina administrados nas faculdades de medicina em Angola. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-18